ENTREVISTA SOBRE DESENVOLVIMENTO PESSOAL

Aqui fica a espetacular entrevista realizada pelo empresário brasileiro Marcel da Costa Azeredo, do projeto “Empreender para Inovar”. Espero que goste, pois tem Dicas BEM poderosas 🙂

 

Marcel: “Convidamos Hugo Van Zeller, coach, palestrante, empreendedor e fundador da AIC – Academia Internacional de Coaching e da APP – Academia do Poder Pessoal, que realiza um trabalho inspirador em língua portuguesa …. ééé estamos ampliando nossas fronteiras aqui!

É com grande prazer que convido você a ler essa entrevista que está com muitas dicas transformadoras, vamos nessa?”

 

 

shadow-ornament

 

Empreender para Inovar – "Seja bem-vindo Hugo, primeiramente gostaríamos de saber um pouco sobre você e o que te levou a trabalhar como Coach?

Hugo Van Zeller – Muito obrigado pelo convite Marcel, é uma honra.

Eu sou Coach essencialmente porque a vida foi meu maior Coach. Em 2005 após um período bem complicado, decidi dedicar-me ao estudo do desenvolvimento humano, como forma de encontrar respostas para a minha própria vida. Acabei entrando na maior aventura de minha vida, descobrindo muito mais do que estava procurando, ao ler, pesquisar e falar com pessoas.

Entendi que não estava só neste caminho, pelo contrário, encontrei muita gente em situação pior do que a minha, o que me deu uma nova perspectiva, e até um novo despertar. Ao pedir ajuda e compartilhar sobre minha própria experiência, descobri que para além de mim próprio, estava na verdade a ajudar os outros – e este foi o ponto de viragem para um novo propósito de vida. Todos nós precisamos de ajuda, e às vezes não conseguimos sozinhos.

Cheguei a receber aconselhamento e psicoterapia, que foi uma excelente ajuda, mas o Coaching foi a abordagem que me fez realmente agir e mudar de forma sustentável. É muito poderoso. O CEO da Google Eric Schmidt, resumiu numa frase a importância e o papel de um Coach. “Toda gente precisa de um Coach, pois o Coach é alguém que nos desafia e vê em nós, tudo aquilo que nós não vemos”. É alguém que nos desafia, apoia e acima de tudo nos coloca num lugar de responsabilidade. Foi aí que decidi dedicar-me seriamente a esta área.

 

Empreender para Inovar – Quais são as ações que você desenvolve como Coach? 

Hugo Van Zeller – Comecei essencialmente com atendimento individual. Este foi o formato que me deu os insights mais profundos sobre o comportamento humano, devido ao seu contato íntimo. É incrível como apesar de nossa diversidade, as nossas dificuldades são praticamente as mesmas. O processo individual, pela sua proximidade, é extremamente transformador, e qualquer pessoa que tenha passado por esse processo, sabe do que falo.

Posteriormente, comecei a dar palestras e apresentações ao vivo, pois senti a necessidade de chegar a mais pessoas. Não só pela dinâmica do público, mas porque vejo que as pessoas estão realmente interessadas no tema. O Coaching é, segundo estudos científicos, o método de alavancagem de resultados mais rápido do mundo, tanto a nível profissional como pessoal. Mas apesar disso, não está ainda devidamente esclarecido entre o grande público – na minha opinião quem mais dele precisa. As ferramentas e os recursos do Coaching já estão dentro de todos nós, mas não sabemos como utilizá-los, pois ninguém nos ensinou, e estão assim muito subaproveitadas ou adormecidas, o que faz com o Ser Humano se sinta muito desorientado. Então a missão do Coach é despertar essas ferramentas, fazendo com que a pessoa chegue muito mais longe em muito menos tempo. O Coaching é um processo prático de transformação e auto-descoberta em que o coach desafia e apoia o indivíduo a colocar a descoberto todo o seu verdadeiro potencial, permitindo-lhe alcançar os seus objetivos.

Nesse momento estou a preparar cursos online, pois a procura tem sido muito grande, não só aqui, como de países como o Brasil.

 

Empreender para Inovar – “Somos a maior e mais importante empresa de nossa vida” , o que significa para você essa metáfora?

Hugo Van Zeller – Bom, adoro essa metáfora pois reflete muito bem aquilo que chamo de “Empreendedorismo Pessoal”. A palavra empreendedorismo está muito associada ao mundo empresarial e dos negócios, mas no fundo todos os negócios e empresas são feitas primeiramente por pessoas como eu e você. Se a nossa empresa interna não estiver saudável, dificilmente as empresas externas estarão. Se por outro lado estiver alinhada, motivada e com bons resultados, qualquer outra empresa irá prosperar muito mais facilmente. A metáfora da empresa serve também para ilustrar que internamente todos temos um diretor, um criativo, um financeiro, etc, e que todos eles devem coabitar de forma equilibrada e harmoniosa.

No Coaching fomento o empreendedorismo que vem de dentro, aquele que está ligado aos nossos valores, falo do nosso poder pessoal, aquele que muda verdadeiramente o mundo. Tudo o resto é uma consequência natural. O meu objetivo é ajudar as pessoas a despertar o seu “Empreendedor Pessoal Interior” – aquela pessoa hábil, com visão, recursos e poder de iniciativa, que existe dentro de todos nós.

 

Empreender para Inovar – E como podemos nos tornar a maior e mais importante empresa de nossa vida?

Hugo Van Zeller – Eu diria que essa é a nossa grande meta. Antes de tudo fazendo um trabalho de fortalecimento e vigilância interior, de consciência, de balanço, de autoconhecimento, e de saber exatamente onde me encontro nas várias áreas da minha vida. Como é possível saber onde quero chegar, sem antes saber quem sou? Quais os meus pontos fortes, quais os pontos a melhorar, quais meus valores, o que realmente me realiza? Seria como iniciar a escalada de uma montanha, sem antes saber a minha condição física, como usar uma bússola, que equipamento, ou quais os mantimentos levar. Poderei até chegar em algum lugar, a questão é, onde? O ser humano pela sua tendência à gratificação imediata, muitas vezes vai direto à recompensa final, acabando por se desviar do verdadeiro caminho ou voltando sistematicamente à estaca zero. Os passos seguintes seriam desenvolver uma visão clara, ou seja, exatamente para onde quero ir. Depois desenhar estratégias para lá chegar, e por fim Ação, muita Ação.

Claro que pelo meio existem pressupostos importantes, como força de vontade, mente aberta, trabalhar na melhoria contínua, ter atenção aos ambientes em que me movo, manter a integridade, flexibilidade para imprevistos, e acima de tudo muita consistência.

 

 

Empreender para Inovar – No contexto em que vivemos, o Tempo, é um dos fatores mais valiosos que temos, mas muitas pessoas não conseguem gerenciar o tempo, como deixar nosso tempo produtivo?

Hugo Van Zeller – Excelente questão, é sem dúvida um dos nossos maiores desafios. Antes de mais gostaria de salientar que aquilo a que chamamos de tempo é na verdade um reflexo daquilo que sentimos internamente. Imagine uma pessoa que passa 1 hora do seu tempo divertindo num jantar com amigos, provavelmente essa hora voa tão rápido que ela nem se apercebe. Por outro lado, se a mesma pessoa passar a mesma 1 hora executando uma tarefa de que não gosta, essa 1 hora parecerá uma eternidade. Como se explica este fenômeno, se afinal foi exatamente o mesmo tempo? A questão, claro, não está no tempo em si, pois esse é igual para todos, mas sim naquilo que você e eu fazemos dentro dessa medição, a que chamamos de tempo. E mais importante ainda, é saber se nesse tempo você está a realizar tarefas que realmente lhe interessam, entusiasmam, preenchem os seus valores, aspirações e metas.

O que podemos fazer é encontrar estratégias para nos organizarmos e nos tornarmos mais produtivos dentro do tempo. O Coaching é muito bom para isso, pois ajuda-nos na criação de planos de ação, prioridades, datas, horários e objetivos.

Na verdade nós nunca gerenciamos o tempo, como habitualmente se diz, pois ele é imutável. Nós nos gerenciamos sim a nós mesmos dentro do tempo disponível. Parece uma verdade óbvia, mas poucas pessoas pensam nisto. Nós sempre “culpamos” o tempo, que não é suficiente, mas na verdade talvez nós não estejamos suficientemente organizados.

Falando um pouco de Produtividade: não confundir movimento, com realização. É importante distinguir que ser produtivo não é se ocupar, não é correr de um lado para o outro, nem realizar muitas tarefas simultaneamente, como às vezes pensamos. Ser produtivo é fazer, dentro do tempo determinado, exatamente aquilo que nos leva em direção aos nossos sonhos, e nos deixa realizados. Ser produtivo é Produzir os resultados que desejamos.

“Gerenciar o tempo” tornou-se provavelmente a mais importante tarefa da nossa vida, pois o tempo vale muito mais do que dinheiro. Podemos sempre recuperar dinheiro, mas nunca recuperamos o tempo. Habitue-se a esta pergunta de Coaching: o que estou a fazer neste momento é realmente importante, e está a levar-me em direção ao meu sonho? A resposta irá dizer-lhe se está a ser produtivo.

Empreender para Inovar – Saber gerenciar o nosso tempo tem relação com ter foco?

Hugo Van Zeller – Absolutamente. No seguimento do que sugeri antes, o Foco é, na minha opinião, a mais importante das habilidades, num mundo repleto de distrações. O foco pressupõe o exercício de canalizar a energia que está dispersa e desorganizada, para um único ponto concêntrico. Esta concentração permite, não só eliminar todas as atividades irrelevantes, como principalmente otimizar a atividade prioritária. Segundo a Física, o foco é um ponto para onde convergem raios luminosos refletidos, por exemplo, através de um espelho. Um bom exemplo seria imaginar uma lupa a sol, para verificarmos todo o poder do Foco. Guarde esta frase: Para onde vai o meu Foco, vai toda a minha energia.

 

Empreender para Inovar – Como podemos desenvolver o foco?

Hugo Van Zeller – Foco é uma competência, uma habilidade. E todas as habilidades se desenvolvem com prática e repetição. Não é por acaso que se diz que a Repetição é a Mãe de todas as habilidades, pois nós somos o que fazemos repetidamente. Um bom exercício seria habituarmo-nos a criar prioridades para tudo. Ou seja, fugir do mito multi-tarefas, e praticarmos trabalhar o que é realmente importante (não urgente), e uma tarefa de cada vez. Visualize um podium com o 1º, 2º e 3º lugar, e ataque logo o primeiro. Como disse antes, outro complemento seria perguntar: esta primeira tarefa vai ter um impacto direto e positivo no meu sonho? De novo, a resposta dirá se está desenvolvendo Foco.

 

Empreender para Inovar – Em todo final de ano muitas pessoas começam a refletir sobre o ano que passou e fazem planos para o ano seguinte. Diante disso o que você enxerga com um erro comum das pessoas nesse momento e como o coaching pode ajudar nesse processo?

Hugo Van Zeller – O erro mais comum são as resoluções de ano novo, que raramente vão para além do carnaval (kkk). Está tudo bem e todos nós já fizemos isso. Mas depois da festa e das metas escritas num guardanapo, todos já sentimos a frustração de ver tudo ficar na mesma. Estamos a falar de sonhos, desejos e anseios que podem ser extremamente importantes, e que muitos ficam por concretizar. Existem várias razões para este fenômeno, mas gostaria de destacar duas:

  1. A primeira, é a real razão de queremos aquele objetivo. Isto é fundamental. Demasiadas vezes as razões são externas, por exemplo algo que os nossos pais nos ensinaram, que lemos numa revista, ou porque é Numa sociedade fast-food, isso é muito comum. A questão é que se nos alinhamos com motivos externos, rapidamente nos vamos desinteressar, pois esses não são realmente os nossos motivos, não temos a motivação E aqui está o significado de Motivação (qual o real Motivo para a Ação?). Quanto mais poderoso for esse motivo, acredite que mais poderosa será a ação. Há muitas formas de apurar esses motivos, mas um dos principais exercícios do Coaching é o levantamento de Valores pessoais. Faça uma lista dos princípios de vida mais importantes: Por exemplo, honestidade, amizade, família, saúde, paz de espírito, etc. Quando chegar a hora de definir as tais metas de ano novo, esses valores pessoais terão que ser respeitados – se assim for, serão metas para toda a vida.

Nos treinamentos eu ensino a fazer esse exercício, e é tão potente que pode ser a diferença entre um objetivo escrito num guardanapo e uma mudança de vida. É comum nos meus clientes haver mudanças de emprego, de relação ou mesmo de país. Simplesmente lhes mostro as opções disponíveis, a partir daí tudo, mas tudo mesmo é possível.

  1. A segunda tem que ver com a forma como afirmamos e lançamos os objetivos para o mundo. Muitas vezes eles são vagos e pouco concretos, o que dificulta o trabalho do nosso inconsciente em reunir os recursos adequados para os atingir. Pense como funciona um Míssil de calor, onde houver calor ele simplesmente vai atrás. Na próxima vez que quiser alcançar um sonho, transforme-o numa frase poderosa e aplique a seguinte fórmula de sucesso:
  • Escreva-os pela positiva. Dessa forma estará dando força para a solução, e não mais para o problema. Esqueça a palavra não. Lembre-se, para onde vai o Foco, vai toda a energia.
  • Seja específico. O que é subjetivo, é muito difícil de materializar. O nosso cérebro é o maior computador do mundo, quando programado corretamente é capaz de muito mais do que imagina.
  • Faça com que dependam principalmente de si, e não de fatores externos. Se depender de outras pessoas, serão elas a decidir o seu destino. Seja responsável, cabe-lhe a si mudar a sua vida.
  • Coloque sempre uma data. Objetivo sem uma data, não vai acontecer. (Caso contrário trata-se de um sonho e assim continuará).
  • Comprometa-se com mais alguém, com um amigo de confiança ou numa mídia social. Quando damos a nossa palavra a alguém, teremos muito mais motivação do que se o compromisso for apenas com nós próprios.

 

 

 

Empreender para inovar – O que você aprendeu no último ano e gostaria de dizer nessa entrevista para os nossos leitores entrarem com tudo numa nova fase de Mudança?

Hugo Van Zeller – Olhe, aprendi que a simplicidade é a melhor coisa do mundo. Como virginiano muito detalhado por vezes perco muito tempo em preparações. Há momentos em que devemos avançar mesmo antes de estarmos demasiado preparados. Então o meu lema deste ano foi: mais vale feito do que perfeito! Esse mindset milagroso permitiu-me fazer muitas coisas este ano que já vinha adiando há muito tempo.

 

Empreender para inovar – Mais vale feito do que perfeito! Por hoje finalizamos a entrevista com este ensinamento que é para escrever na parede do quarto e ler todo dia, combinado!? Hugo foi um imenso prazer te conhecer e poder te entrevistar para o nosso blog. Agradecemos de coração a sua disponibilidade e dedicação para realizar esse trabalho e que você leve a cada vez mais pessoas o seu trabalho. Sucesso!

Agora para você conhecer mais sobre o trabalho do Hugo Van Zeller é só acessar esses links ?

Curso completo de Coaching e Desenvolvimento Pessoal: Academia Internacional de Coaching

 

Participe da Comunidade Academia do Poder Pessoal no Facebook 

E-mail: hugo@hugovanzeller.com

Site: http://hugovanzeller.com/

Facebook:

Instagram: https://www.instagram.com/hugovanzeller/

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/hvanzeller

Twitter: https://twitter.com/hugovanzeller

Não percas nenhuma novidade!

Deixa o teu e-mail abaixo para receberes os próximos artigos